Aqui

Imagino que a tenho, que a exerça, imagino que a sinta. Ou, preciso acreditar que não a perderei. Ela, a tão necessária lucidez.
Emmy Della-Porther

Segredos


O jardim oscila entre o passado
que deixou de ser quando acordei, hoje
e o futuro que ontem não teria a
possibilidade de acontecer
o jardim cego de restos
sem destino
de um outono pálido
de antigas lágrimas guardadas.
uma trama de medos
sem saída e sem lugar para chegar.
_
_
uma imagem de frank

Nenhum comentário: