Aqui

Imagino que a tenho, que a exerça, imagino que a sinta. Ou, preciso acreditar que não a perderei. Ela, a tão necessária lucidez.
Emmy Della-Porther

Seus muros


Escolho a hora deserta para buscá-la
entre os muros escondidos desta cidade
sei que não vou encontrá-la
mas, sigo o caminho ,
meu condutor de desejo,
pois, não posso perder
no fundo do meu solitário desejo
a vontade tão incontida
de sentir seu hálito tocar minha mão
os muros avançam,
são intermináveis,
e minha ansiedade
sobe os degraus
lentamente
como se a vida não acabasse nunca.
_
_
uma imagem de Natasha

Nenhum comentário: